O Projeto Vou Ser Diplomata surge com a proposta de preparar candidatos(as) que desejem seguir a carreira diplomática com uma equipe de especialistas, composta em sua grande maioria por diplomatas recentemente aprovados no certame, unindo assim a tradição do Gran Cursos Online com a expertise de quem já foi aprovado.

Além das matérias obrigatórias cobradas no edital, os(as) alunos(as) do Projeto Vou Ser Diplomata contarão com a curadoria do Primeiro-Secretário do Ministério das Relações Exteriores, Jean Marcel, responsável pela coordenação científica do Projeto e terão a disposição simulados, artigos, acesso ao Gran Cuca com provas anteriores do Instituto Rio Branco e um blog onde serão divulgadas as notícias mais relevantes para aqueles que estão se preparando para o concurso e precisam se manter sempre atualizados sobre o que acontece no Brasil e no Mundo.

Nossa equipe
Equipe-Vou-Ser-DiplomataPrepare-se com quem tem tradição de aprovação e 26 anos de experiência em concursos públicos. Seja bem-vindo ao Projeto Vou Ser Diplomata e conte conosco até a sua aprovação.

Mas o que faz um diplomata?

Os diplomatas tem função primordial na promoção dos interesses brasileiros no plano internacional, fortalecendo os laços de cooperação do Brasil com seus parceiros externos, e prestando assistência aos brasileiros no exterior.

Ao longo de sua carreira, um diplomata poderá se ocupar de assuntos tão diversos como direitos humanos, temas sociais, meio ambiente, educação, energia, paz e segurança, promoção comercial, temas financeiros, cooperação para desenvolvimento, promoção da cultura brasileira, cooperação educacional, cerimonial e protocolo, dentre outros. Além de negociar em nome do Brasil com todos os 194 países com os quais mantemos relações, o diplomata também poderá representar o país nas diversas organizações internacionais das quais somos membros.

Dentre as atividades desenvolvidas por diplomatas estão:

  • representar o Brasil perante outros países e organizações internacionais;
  • reunir informações para contribuir à formulação da política externa brasileira,
  • participar de reuniões internacionais e, nelas, negociar em nome do Brasil;
  • promover o comércio exterior brasileiro e atrair turismo e investimentos;
  • promover a cultura e os valores do povo brasileiro;
  • prestar assistência consular aos compatriotas no exterior.

Ao desenvolver atividades consulares, o diplomata apoiará e orientará brasileiros estudantes, vítimas de desastres naturais, violência doméstica ou urbana, presos e desvalidos. Também lhe caberá lavrar atos notariais e organizar as eleições no exterior.

Confira abaixo o Gran Carreiras Diplomata com Jean Marcel: