Conforme previmos em nosso último artigo[1], foi publicado esta semana o Edital do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD), edição de 2018. O formato do exame deste ano não poderia ser mais previsível. O edital é basicamente a reprodução do que saiu no ano passado, inclusive em termos de data, com exceção do número de vagas, que foi reduzido de 30 para 26. Essa é basicamente a única má notícia para aqueles que já vêm se preparando há certo tempo para esquentarem as carteiras do Instituto Rio Branco.

Costumo dizer que o CACD se assemelha a uma maratona, não a uma corrida de longa distância. É preciso, portanto, ter fôlego, disciplina e paciência para dar conta dos 42 quilômetros a serem percorridos. Mas outro fator torna ainda mais sui generis essa prova: há outros competidores, sim, mas o maior desafio não é vencê-los, porém atingir determinado nível de preparo que permita ao(à) CACDista ser aprovado(a) em qualquer ano.

Por isso, a notícia da redução do número de vagas para 26 no CACD 2018 não é tão grave assim. Poderá haver aumento da relação candidato-vaga, mas a chance de aprovação é basicamente a mesma do ano passado. Não são raras as vezes, inclusive, que o número de aprovados não corresponde ao número de vagas, podendo ultrapassá-lo ou ficar aquém. No meu ano, por exemplo, em 2000, eram 24 vagas, porém foram 25 os aprovados. Em 1999, eram 22 as vagas, mas apenas 20 se tornaram diplomatas.

Tudo isso para dizer que, ao mesmo tempo em que não se pode negar a dificuldade de aprovação no CACD – que se trata, sem dúvida, de um dos concursos públicos mais difíceis do País –, o alto nível de exigência tende a ser compensado no ano seguinte, para aqueles que enxergam esse desafio no longo prazo. Ou seja, se você se preparou para o Concurso em 2017, neste ano seu desafio será menor, pois o formato e o programa das provas são os mesmos e você tem um ano a mais de preparação.

Além disso, há quase garantia de que em 2019 terá nova chance, ainda maior, caso outra vez lhe escape a aprovação. Não digo isso para desanimar ninguém, muito pelo contrário. Na verdade, essa perspectiva deve servir de motivação e alívio da pressão para passar. Procure pensar como o maratonista: são muitos os quilômetros pela frente, mas cada pequeno passo dado lhe deixará mais perto de seu objetivo e a satisfação de atingi-lo compensa o esforço.

Este artigo evidentemente não dispensa a leitura do Edital do CACD[2]. Lembre-se de que as regras de um concurso público precisam ser conhecidas em detalhes pelos candidatos, inclusive para evitar erros bobos – como desconhecer o dia e horário de uma prova ou levar um documento equivocado – que podem resultar em desclassificação. Ainda que você tenha prestado o exame anteriormente, inclusive o do ano passado, cujo formato se repete em 2018, o conhecimento dos detalhes do edital é indispensável. Isso se aplica especialmente aos candidatos que se autodeclararem negros ou com deficiência, pois, para concorrer às vagas reservadas, devem observar determinadas regras ali previstas.

Sobre as provas, conforme já afirmado, os formatos e o período de aplicação basicamente serão os mesmos de 2017. A prova objetiva da Primeira Fase, por exemplo, mais conhecida pelos CACDistas experientes de Teste de Pré-Seleção (TPS), composta de 73 questões de 8 diferentes disciplinas[3], será aplicada no dia 26/08/18[4]. Na Segunda e Terceira Fases, serão aplicadas as provas escritas[5]. Ainda que a leitura do edital seja indispensável, repito, a excelente equipe do Gran Cursos Online facilitou sua vida e preparou um resumo com as principais informações do Concurso, inclusive sobre os formatos das provas. Visite https://blog.grancursosonline.com.br/edital-diplomata-2018/.

E, como última observação, esta sim é uma excelente novidade com relação ao CACD de 2017: os(as) aprovados(as) na edição deste ano, além de nomeados(as) Terceiros(as)-Secretários(as), receberão remuneração inicial bruta maior: R$ 18.059,83[6]. Mais um belo incentivo para quem sonha com essa linda carreira!

[1]                     Cf. http://blog.vouserdiplomata.com/como-planejar-revisao-para-1a-fase-do-cacd/

[2]                     Cf. o texto do Edital em https://blog.grancursosonline.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Concurso-Diplomata-2018-Edital-de-abertura.pdf

[3]                     As disciplinas são: Política Internacional (12 questões); História Mundial (11 questões), História do Brasil (11 questões), Língua Portuguesa (10 questões), Língua Inglesa (9 questões), Noções de Economia (8 questões), Geografia (8 questões) e Noções de Direito e Direito Internacional Público (8 questões).

[4]                     Em 2017, o TPS foi aplicado em 13/8.

[5]                     Na Segunda Fase, as provas de Língua Portuguesa e Língua Inglesa; na Terceira, as demais disciplinas do TPS, com exceção de História Mundial, que só cai na Primeira Fase.

[6]                     Em 2017, a remuneração inicial bruta de um Terceiro-Secretário no Brasil era de R$ 16.935,40.

 

Prof.Jean Marcel Fernandes – Coordenador Científico

Jean MarcelNomeado Terceiro-Secretário na Carreira de Diplomata em 14/06/2000. Serviu na Embaixada do Brasil em Paris, entre 2001 e 2002. Concluiu o Curso de Formação do Instituto Rio Branco em julho de 2002. Lotado no Instituto Rio Branco, como Chefe da Secretaria, em julho de 2002. Serviu na Embaixada do Brasil em Buenos Aires – Setor Político, entre 2004 e 2007. Promovido a Segundo-Secretário em dezembro de 2004. Concluiu Mestrado em Diplomacia, pelo Instituto Rio Branco, em julho de 2005. Publicou o livro “A promoção da paz pelo Direito Internacional Humanitário”, Fabris Editor, Porto Alegre, em maio de 2006. Saiba +

Detalhes do edital Diplomata 2018:

  • Concurso: Concurso Diplomata do MRE 2018 (Edital Diplomata 2018)
  • Banca organizadora: Cespe/UnB
  • Cargos: Diplomata
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: R$ 18 mil
  • Inscrições: de 2 de julho a 26 de julho de 2018
  • Taxa de inscrição: R$ 230
  • Prova objetiva: 26 de agosto de 2018

 

_____________________________________________________________________________________

Com o objetivo de preparar os candidatos para o concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, um dos mais difíceis do país, o Gran Cursos Online lançou um novo curso de preparação extensiva para o CACD 2018, composto por teoria e exercícios. Nosso objetivo é ajudá-lo na consolidação de seu conhecimento e, consequentemente, na realização de uma excelente preparação para o próximo concurso. Além das orientações de uma equipe altamente qualificada (diplomatas e especialistas), que irá destacar e desvelar os principais tópicos de cada disciplina, você contará, ainda, com as preciosas dicas sobre as particularidades da banca CESPE, um ano de acesso ao conteúdo, visualizações ilimitadas e outros diferenciais. Com esse curso você se prepara de forma antecipada e eficaz!

matricule-se3

 width=

1 Comentário

  • RODRIGO LEMOS 4 de julho de 2018

    Não costumo tirar retrato frequentemente. Será que o CESPE vai retificar o Edital do Concurso de Diplomata sobre as fotografias para que elas tenham sido retiradas até a data do final das inscrições?

Faça um Comentario

Seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>